fbpx

Sul-americanas são as mais difíceis em romances virtuais, diz site

O site de relacionamentos Badoo realizou uma pesquisa para classificar qual a predisposição das usuárias de sua rede a aceitarem propostas masculinas de romance. Para o levantamento, o Badoo delimitou nove grandes regiões, incluindo as Américas do Sul, Central e do Norte e Europa. O resultado revelou que as sul-americanas são as menos propensas a aceitar propostas masculinas de romance pelo site do que as mulheres de qualquer outra região.

Mas entre as usuárias da América do Sul, as mais dispostas para relacionamentos que começam na internet são paraguaias, seguidas pelas chilena e argentinas. As brasileiras ocupam o quarto lugar de propensão no ranking sul-americano. Já as mais tímidas e menos abertas a abordagens via web da região são as peruanas.

“As mulheres da América do Sul fazem muito sucesso entre os usuários masculinos do Badoo”, disse Louise Thompson, diretora de comunicação do site. “Isto dá a elas a oportunidade de escolher entre mais pessoas, e quando e para quem responder”, analisa.

No panorama geral, as europeias são as que mais respondem a solicitações do sexo, sendo as usuárias da República Checa as mais abertas a abordagens. Já as francesas são as mais difíceis.

No ranking dos 15 lugares onde as mulheres são mais resistentes à sedução via internet, nove posições são ocupadas por países latinos. O Perú encabeça a lista e o Brasil aparece na 14º colocação.

Uma das maneiras de interpretar os dados obtidos no estudo poderia ser que os homens da América do Sul precisam melhorar a forma como fazem contato com mulheres através da Internet. “Em vez de apenas dizer ‘Olá?’, talvez fosse melhor iniciar uma conversa procurando interesses comuns, tais como música, filmes ou esportes”, sugere Thompson.

 

Terra Tecnologia

Precisa de um plano de hospedagem para seu site?